OBRIGADA PELA VISITA!
DEIXE UM RECADINHO DE VEZ EM QUANDO
É BOM CATIVAR...
CATIVANDO-ME, VOCÊ ME INCENTIVA!

Visitem os blogs pedagógicos da krika!

Glitter Photos

Confira no Linguagem e Afins

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Luz e sombra



Quando estou pronto para desatar o nó,
Encontrar o canto e tecer a vida,
Vêm a ventania,
Que me joga longe do que eu queria.
Mas que ventania é esta que eu mesmo invento?
Só eu sei da minha luz!
Só eu sei da minha sombra!
Então não farei chorando um verso lindo,
Nem farei sorrindo,
Se puder farei amando.
Não calarei o coração que sangra,
E o olhar que se espanta deixarei amar,
Pois não se tece a vida com fio partido,
O certo é encontrar sentido,
Só eu sei da minha luz.

Retirado do livro
Perdidos e achados na página ao lado
Dr.Thales Pereira



Desinventa a ventania,
Segurando seu chapéu.
Descostura o nó,
Arrematando a vida.
dê largos laços,
Amarrando encontros
By krika
( ao ler o poema acima)


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário